Colecção de Mapas Parietais

Da Memória da Universidade

Ir para: navegação, pesquisa
Aspecto geral do acondicionamento dos Mapas Parietais na Mapoteca (Fotos A.Pascoal, cortesia Mapoteca/IGOT).

Colecção de Mapas Parietais (séc. XX). Colecção composta por mapas temáticos. Tipo: Colecção histórica. Local.: Mapoteca do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território. URL: http://www.igot.ul.pt / http://www.fl.ul.pt/mapoteca. Tutela: Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa. Origem: Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa. Cobertura: séc.XX. Dimensão:c.350 Mapas. Assunto: Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa.

Enquadramento institucional e legal

A colecção está localizada na Mapoteca do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT), embora não exista qualquer referência à mesma nos seus estatutos (Diário da República, 2ª série, nº 204, 21-9-2009). A Mapoteca é uma das secções do Centro de Estudos Geográficos (CEG) e possui regulamento próprio.

Na UL desde

1943

Nota Descritiva e Histórica

A Colecção de Mapas Parietais encontra-se acondicionada na Mapoteca do CEG sendo actualmente restrita a sua utilização. Esta Mapoteca universitária, na globalidade do vasto espólio que integra, é dos mais importantes recursos de informação científica do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, criado em 2009, fornecendo apoio à investigação e ao ensino. A ela recorrem investigadores, quer nacionais quer estrangeiros, e estudantes, tanto do IGOT como da Faculdade de Letras ou de outras Faculdades da Universidade de Lisboa e de outras universidades.

A colecção de mapas, iniciada no Centro de Estudos Geográficos (CEG) da Universidade de Lisboa — criado por Orlando Ribeiro em 1943 na Travessa do Arco de Jesus —, viria a ser transferida, no final da década de 50, para as novas instalações recém-inauguradas da Faculdade de Letras, na Cidade Universitária.

Actualmente, a Colecção de Mapas Parietais é composta por cerca de 350 exemplares, abrangendo áreas geográficas e temas distintos: Portugal, Península Ibérica, ex-Colónias e continentes. Os mapas são na maioria de grande formato e em papel sobre tela.

Relevância

Esta colecção tem hoje sobretudo importância histórica, documentando os materiais utilizados no ensino da Geografia durante décadas. Actualmente, integra o numeroso e significativo acervo da Mapoteca.

Utilização

Os Mapas Parietais foram sobejamente utilizados enquanto colecção de ensino desde a década de 40 até meados dos anos 90 do séc. XX, dado que são gradualmente substituídos pelo recurso a novas tecnologias. A colecção está actualmente acondicionada nas reservas da Mapoteca, sendo de utilização limitada e em parte restringida. A sua utilização é hoje muito pontual e requerida sobretudo pelos Estudos Europeus e Africanos da Faculdade de Letras.

Estado do inventário

A colecção encontra-se inventariada em suporte de papel e devidamente identificada no local de acondicionamento.

Documentação

Não se registou documentação associada à colecção.

Pessoal

Na Mapoteca, existe apenas uma técnica com Mestrado em Bibliotecas e Documentação (Sandra Fernandes).

Bibliografia

1.M.H.Dias, 'As Mapotecas Portuguesas e a Divulgação do Património Cartográfico Nacional. Algumas Reflexões', Cartografia e Cadastro (1996), nº 5, pp 43-50.

2.M.H.Dias, Memórias do Centro de Estudos Geográficos: percorrendo o espólio das ilustrações. Catálogo Comemorativo dos 60 Anos do Centro de Estudos Geográficos, (coord. M.H.Dias), Lisboa, CEG, 2006.

3.Projecto de Desenvolvimento Científico e Pedagógico do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT-UL), baseado no Programa de Instalação do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, Conselho Geral da Universidade em 7 de Novembro de 2008, in: http://www.igot.ul.pt/portal/page_pageid=407,1069775&_dad=portal&_schema=PORTAL.



Autor: Catarina Teixeira com a colaboração de Sandra Fernandes (Mapoteca/IGOT)


Levantamento do Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa:

Colecção de Mapas Parietais

Pelo Grupo de Trabalho constituído por Marta Lourenço, Ana Mehnert Pascoal e Catarina Teixeira

Logo-Levantamento-Patrimonio-UL.png
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções
Navegação
Ferramentas