Painéis de Mosaico de António Lino

Da Memória da Universidade

Ir para: navegação, pesquisa
Três dos painéis de mosaico de António Lino, 1961: Sociologia, Teologia, Filosofia. (Foto: A. M. Pascoal, Cortesia RUL)

Painéis de Mosaico de António Lino. Conjunto de oito painéis de mosaico concebido pelo pintor António Lino para a Reitoria.. Local.: Reitoria da Universidade de Lisboa. URL: http://www.ul.pt. Tutela: Universidade de Lisboa. Criador: António Lino Pedras (1914-1996). Construção: 1961. Dimensão:8 painéis. Assunto: Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa.

Enquadramento institucional e legal

A colecção está localizada na Reitoria (RUL), embora não exista qualquer referência à mesma nos estatutos da UL (Diário da República, 2ª série, nº 148, 1-8-2008).

Na UL desde

1961.

Nota descritiva e histórica

O multifacetado pintor António Lino Pedras, que em Itália estudara diversas técnicas como o vitral e a tapeçaria, criou para a decoração do átrio principal da Reitoria oito painéis de mosaico de esmalte. O trabalho foi-lhe adjudicado pela Comissão Administrativa das Novas Instalações Universitárias (CANIU), estando os painéis dispostos em três paredes distintas.

Representando diversas disciplinas do Saber, os painéis inserem-se no mais vasto programa decorativo aplicado ao conjunto dos três edifícios da traça de Pardal Monteiro, que visa um elogio à sapiência e seu incremento, bem como a dignificação da própria Universidade de Lisboa.

A primeira parede alberga três composições: a apreensão do Universo simbolizada com ‘O conhecimento dos Céus: Astronomia’, da qual advêm ‘O conhecimento da Terra: Geografia’ e dos seus elementos, ‘O conhecimento da Matéria: Física-Química’. Na fachada central, três painéis, sendo que um deles se destaca dos restantes pela temática e pela dimensão: ‘O conhecimento da Sociedade: Sociologia’ e a base do Saber em ‘A unidade do conhecimento: Filosofia’, ladeiam o painel que alude ao conhecimento supremo, ‘O conhecimento de Deus: Teologia’, alegoria ao Espírito que “renovará a face da Terra” (Renovabis Faciem Terrae). Por fim, dois painéis comportando referências aos seres vivos através de ‘O conhecimento da Vida: Biologia’ e, atentando na civilização humana, ‘O conhecimento do Homem: Antropologia’. O pintor assinou o conjunto no painel central, respeitante ao ‘Conhecimento de Deus’, no qual se lê ao centro junto à caveira ‘ANTÓNIO LINO 1961'.

As figuras apresentam-se algo estilizadas, fruto da técnica empregue, porém plenas de atributos identificativos, como a bússola e o quadrante para a Geografia e a representação de diferentes etnias como objecto de estudo antropológico. As composições são enriquecidas devido ao esplêndido cromatismo que o artista lhes imprimiu; todas encerram uma legenda elucidativa quanto à ciência representada. No seu conjunto, contribuem para uma dignificação do espaço, solenizando-o, trespassando uma ideia de conhecimento global e diversificado, promovido pela Universidade.

Relevância

A colecção de painéis de mosaico reveste-se de extrema importância no quadro do programa decorativo da Cidade Universitária de Lisboa, visto ser o único exemplar em que foi utilizada esta técnica que remonta à Antiguidade Clássica. É singular no seu género tanto no conjunto dos edifícios que constituem, actualmente, a Universidade de Lisboa, como no que concerne ao panorama das construções universitárias erigidas pelo Estado Novo. Assim, além de dignificarem o átrio principal e contribuírem para o destaque da Reitoria, almejado de origem, os painéis constituem também um conjunto de relevo na cidade de Lisboa e no que toca à decoração universitária no país.

Utilização

Os painéis possuem funções decorativas e de nobilitação do espaço.

Estado do inventário

As peças não se encontram incluídas em qualquer tipo de inventário.

Documentação

Não se encontrou documentação associada.

Pessoal

Não existe pessoal directamente afecto à colecção.

Observações

Refira-se que António Lino criou várias composições em mosaico de tipo bizantino para diferentes equipamentos patrocinados pelo regime estadonovista, sobretudo Palácios de Justiça, edifícios ministeriais e igrejas.

Bibliografia

AAVV, António Lino. 1914-1996, Município de Odivelas/Biblioteca Municipal D. Dinis, Odivelas, 2000.

MOP/CANIU, O Novo Edifício da Reitoria da Universidade de Lisboa, 1961.

A. M. Pascoal, A Cidade do Saber. Estudo do Património Artístico Integrado nos edifícios projectados pelo arquitecto Porfírio Pardal Monteiro para a Cidade Universitária de Lisboa (1934-1961), Dissertação de Mestrado em Arte, Património e Teoria do Restauro, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2010 (não publicado).



Autor: Ana Mehnert Pascoal

Levantamento do Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa:

Painéis de Mosaico de António Lino

Pelo Grupo de Trabalho constituído por Marta Lourenço, Ana Mehnert Pascoal e Catarina Teixeira

Logo-Levantamento-Patrimonio-UL.png
Factos sobre Painéis de Mosaico de António LinoFeed RDF
CriadorAntónio Lino Pedras (1914-1996)  +
DenominaçãoPainéis de Mosaico de António Lino  +
DescriçãoConjunto de oito painéis de mosaico concebido pelo pintor António Lino para a Reitoria.
Dimensão8 painéis  +
ImagemPaineis Mosaico António Lino01.jpg  +
Localizado emReitoria da Universidade de Lisboa  +
Tem assuntoPatrimónio Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa  +
Tutela actualUniversidade de Lisboa  +
URLhttp://www.ul.pt  +
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções
Navegação
Ferramentas