Retrato de Henrique de Vilhena por Helena Bourbon

Da Memória da Universidade

Ir para: navegação, pesquisa
Retrato de Henrique de Vilhena, da autoria de Helena Bourbon, sem data. (Foto: A. M. Pascoal, Cortesia FM-IA)

Retrato de Henrique de Vilhena por Helena Bourbon. Tipo: Pintura. Local: Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Tutela: Instituto de Anatomia da FMUL. Criador: Helena Bourbon e Meneses (1892-?). Dimensão: 27 x 22 cm. Material: Óleo sobre tela. Assunto: Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa.

Nota histórica e descritiva

A pintura colocada numa das salas do Instituto de Anatomia (IA) um dos seus patronos, Dr. Henrique de Vilhena (1879-1958). Trata-se de uma obra da pintora Helena de Bourbon e Meneses, colaboradora muito dedicada do IA, mas desconhece-se a data da sua execução.

O médico, Professor Catedrático da Faculdade de Medicina de Lisboa (FM), foi o primeiro director do IA, de 1911 a 1948, funcionando ainda no edifício no Campo de Santana. Fundou o Instituto em conjunto com os professores Vítor Fontes e Barbosa Sueiro, seguindo a escola herdada de José António Serrano e baseando as metodologias de investigação e de ensino na dissecção cadavérica. Com Celestino da Costa fundou a Sociedade Portuguesa de Anatomia. Foi professor de Anatomia na Escola de Belas Artes de Lisboa, e criou a primeira e única revista anatómica da FM, Arquivos de Anatomia e Antropologia (1912-1990). Foi professor de Anatomia Artística, uma disciplina ministrada aos alunos da Escola de Belas Artes no IA, também cursada pela autora do retrato.

O quadro revela um retrato realista, a ¾, de um homem de certa idade, já grisalho. Henrique de Vilhena, de fato cinzento e sobre um fundo escuro, surge com uma expressão serena e confiante. Uma homenagem a um homem culto, respeitado no meio académico e temido pela sua austeridade, que gostava de ser apelidado de 'mestre'. Na moldura foi colocada uma legenda: 'Dr. HENRIQUE DE VILHENA | 1879-1958 | Prof. Cated. da Faculdade de Medicina de Lisboa | Director do Instituto de Anatomia | E | Fundador desta Biblioteca'. Um quadro que atesta a colaboração entre a Medicina e as Artes Plásticas neste período do IA.

Documentação

Não se encontrou documentação associada, nem sequer relativa à sua proveniência.

Observações

Um pormenor desta pintura surge reproduzido num artigo sobre Henrique de Vilhena, da autoria de A. S. Ferreira (Ver campo 'Bibliografia').

O IA possui ainda um desenho de Helena de Bourbon retratando José António Serrano e a cópia de uma gravura de 1789 reproduzindo a tela de Rembrandt van Rijn ‘Lição de Anatomia de Dr. Nicolaes Tulp’ (1632), também existente numa das salas da Direcção. Encontram-se também peças já existentes nesta sala por altura da inauguração do edifício: uma pintura a óleo, sem assinatura, representando uma vanitas, e três reproduções de desenhos representando uma figura masculina em diferentes posições, assinadas ‘Carle Vanloo Peintre du Roy’.

Bibliografia

A. G. Ferreira, ‘O Instituto de Anatomia – Breve História com quase um Século’, Circulação/Circulation (M. V. Alves e A. Barbosa), Faculdade de Medicina, Lisboa, 2004, pp. 100-109.

A. S. Ferreira, ‘O Professor Henrique de Vilhena recordação dum mestre’, Arquivos de Anatomia e Antropologia (1980), vol. XXXVIII, pp. 19-21.

H. de Vilhena, Em Memória, Livraria Nacional, Lisboa, 1940.



Autor: Ana Mehnert Pascoal

Levantamento do Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa:

Retrato de Henrique de Vilhena por Helena Bourbon

Pelo Grupo de Trabalho constituído por Marta Lourenço, Ana Mehnert Pascoal e Catarina Teixeira

Logo-Levantamento-Patrimonio-UL.png
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções
Navegação
Ferramentas