Colecção de Aves ‘Museu Bocage’

Da Memória da Universidade

Ir para: navegação, pesquisa
Alguns exemplares da colecção de aves do Museu Bocage (Foto: H. Gante, cortesia MNHN).

Colecção de Aves ‘Museu Bocage’. URL: http://www.mnhnc.ul.pt/portal/page?_pageid=418,1391516&_dad=portal&_schema=PORTAL. Tutela: Museu Nacional de História Natural. Dimensão:c. 2600 exemplares. Assunto: Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa.

Enquadramento institucional e legal

A colecção é propriedade do Museu Nacional de História Natural (MNHN). O MNHN é referido nos Estatutos da Universidade de Lisboa (Despacho Normativo nº 144/92) e tem estatuto próprio em vigor (Despacho nº 11002/2003). As colecções não são explicitamente mencionadas no Estatuto.

Na UL desde

Desde a data do início da sua constituição, em 1978.

Nota Descritiva e Histórica

Em acordo com a implementação da missão de um museu nacional, esta colecção possui representantes de 274 espécies, maioritariamente da fauna portuguesa. Foi iniciada após o incêndio de 1978 que destruiu todos os exemplares então existentes e que constituíam a colecção original do Museu, com proveniência no Museu Real da Ajuda e enriquecida com colheitas nos séculos XIX e inícios do XX. A actual colecção destina-se à investigação científica, ensino e exposição. Para a maioria dos exemplares está apenas conservada a pele, existindo um número considerável de exemplares naturalizados com valor expositivo e científico.

Relevância

A colecção de aves do Museu Bocage (MNHN), como todas as colecções de história natural (desde que devidamente documentadas), constitui um repositório único e insubstituível de diversidade biológica. Para além disso, o facto das colheitas se estenderem ao longo de diversas décadas, introduz nas colecções biológicas uma perspectiva histórica, que permite reconstruir uma “memória ” de padrões e processos naturais. A colecção possui relevância nacional, encontrando-se bem organizada e de um modo geral em bom estado de conservação, relativamente a colecções zoológicas de outras instituições museológicas portuguesas.

Utilização

A actual utilização da colecção é relativamente limitada, estando contudo em fase de planeamento uma divulgação mais ampla na Universidade de Lisboa (particularmente na Faculdade de Ciências), a oferta de projectos de investigação que envolvam espécimens e um enriquecimento do acervo em materiais específicos, que atraiam estudantes e investigadores, nacionais e estrangeiros, e assim potenciem a sua utilização global. Ainda assim, tem-se assistido a um aumento das consultas à colecção, essencialmente devido à sua divulgação na página institucional do MNHN. Muitos exemplares são utilizados como material de apoio a disciplinas da licenciatura de Biologia da Faculdade de Ciências da UL e também em ateliers ou apresentações públicas que não envolvam manuseamento agressivo. Alguns exemplares seleccionados integram presentemente a exposição “Colecções de Naturalistas” patente no MNHN. Alguns exemplares foram emprestados para exposições de grande impacto, como “A evolução de Darwin”, que esteve patente na Fundação Calouste Gulbenkian (Fevereiro a Maio de 2009).

Estado do Inventário

A colecção encontra-se inventariada em papel e quase totalmente em suporte digital.

Documentação

Como em qualquer colecção científica, a documentação é de primordial importância, e a sua ausência diminui em muito a relevância dos espécimens. Todos os espécimens da colecção de aves possuem proveniência bem determinada e informação científica associada.

Pessoal

Curador: José Pedro Granadeiro, Técnico Superior Principal, quadro do MNHN, doutoramento; Curadores-Adjuntos: Paulo Marques e Teresa Catry, bolseiros de pós-doutoramento; Assistente de conservação: Conceição Santos, Técnica Profissional, quadro do MNHN.

Bibliografia

A. A. Soares, 'Aves de Portugal. Catálogo I e Notas Ornitológicas (Ilhas)', Arquivos do Museu Bocage (1983) Série B, II (11): 81-94.


Autor: José Pedro Granadeiro (MNHN) [2007; revisto em 2010]


Levantamento do Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa:

Colecção de Aves ‘Museu Bocage’

Pelo Grupo de Trabalho constituído por Marta Lourenço, Ana Mehnert Pascoal e Catarina Teixeira

Logo-Levantamento-Patrimonio-UL.png
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções
Navegação
Ferramentas