Colecções de Mineralogia 2 do MNHN

Da Memória da Universidade

Ir para: navegação, pesquisa
Crocoíte. Oferta do Australian Museum. (Foto: J. Vicente, cortesia MMG/MNHN).

Colecções de Mineralogia 2 do MNHN ((doações na sequência do incêndio de 1978). Local.: Museu Nacional de História Natural. URL: http://www.mnhnc.ul.pt/portal/page?_pageid=418,1391465&_dad=portal&_schema=PORTAL. Tutela: Departamento de Mineralogia e Geologia do Museu Nacional de História Natural. Dimensão:628 exemplares. Assunto: Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa.

Enquadramento institucional e legal

A colecção é propriedade do Museu Nacional de História Natural (MNHN). O MNHN é referido nos Estatutos da Universidade de Lisboa (Despacho Normativo nº 144/92) e tem estatuto próprio em vigor (Despacho nº 11002/2003). As colecções não são explicitamente mencionadas no Estatuto.

Na UL desde

Estas colecções deram entrada no Museu entre 1978 e 1980.

Nota Descritiva e Histórica

Na sequência do incêndio de 1978, que destruiu cerca de 80% dos exemplares mineralógicos, reputados internacionalmente como de grande qualidade gerou-se, a nível internacional, uma onda de solidariedade para com o Museu. Assim, este recebeu várias colecções de minerais provenientes de universidades estrangeiras, de minas, de museus congéneres e de diversas individualidades.

Relevãncia

Além de representar um determinado momento da história do Museu, estas colecções contêm exemplares significativos da geologia e mineralogia das regiões de onde provêm, sendo alguns de grande interesse científico e museográfico. Ela esteve na base da organização de uma exposição que o Museu realizou em 1991, designada ‘Expoamizade’.

Utilização

A colecção tem sido utilizada, sobretudo, em exposições. A colecção tem um enorme potencial para o ensino de nível superior e, neste aspecto, encontra-se grandemente sub-valorizada.

Estado do inventário

A colecção está inventariada no seu todo em suporte informático e em papel (dactilografado). O inventário não está, ainda, acessível online.

Documentação

A documentação associada consiste nas cartas de doação e agradecimento arquivadas na secretaria do Museu e em inventários de origem em suporte de papel e dactilografados.

Pessoal

Além da responsável directa pelas reservas – Liliana Póvoas, investigadora do quadro do Museu – está afecto ao acervo um técnico auxiliar do quadro do Museu – João Paulo Carreiro Lopes.

Bibliografia

Não existe bibliografia directa sobre a colecção.


Autor: Liliana Póvoas (MNHN), com o apoio de João Paulo Carreiro Lopes (MNHN) [2007; actualizado em 2010]


Levantamento do Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa:

Colecções de Mineralogia 2 do MNHN

Pelo Grupo de Trabalho constituído por Marta Lourenço, Ana Mehnert Pascoal e Catarina Teixeira

Logo-Levantamento-Patrimonio-UL.png
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções
Navegação
Ferramentas