Colecções de Petrologia 2 do MNHN

Da Memória da Universidade

Ir para: navegação, pesquisa
Colecção Didáctica de Rochas com Lâmina Delgada. (Foto: J. Vicente, cortesia MMG/MNHN)

Colecções de Petrologia 2 do MNHN (constituídas após o incêndio de 1978). Local.: Museu Nacional de História Natural. URL: http://www.mnhnc.ul.pt/portal/page?_pageid=418,1391466&_dad=portal&_schema=PORTAL. Tutela: Departamento de Mineralogia e Geologia do Museu Nacional de História Natural. Dimensão:692 exemplares. Assunto: Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa.

Enquadramento institucional e legal

A colecção é propriedade do Museu Nacional de História Natural (MNHN). O MNHN é referido nos Estatutos da Universidade de Lisboa (Despacho Normativo nº 144/92) e tem estatuto próprio em vigor (Despacho nº 11002/2003). As colecções não são explicitamente mencionadas no Estatuto.

Na UL desde

1978.

Nota Descritiva e Histórica

As colecções de petrologia constituídas depois do incêndio de 1978 compreendem: Colecção de Rochas do Sudoeste de Inglaterra (29 exemplares), Colecção de Rochas da Austrália (17 exemplares), Colecção de Rochas do Japão (19 exemplares), Colecção de Rochas oferecidas pela Universidade de Leeds, Reino Unido (246 exemplares), Colecção de Rochas da Rússia (99 exemplares), Colecção de Rochas da China (50 exemplares), Colecção Escudo Canadiano (40 exemplares) e Colecção Didáctica de Rochas com Lâmina Delgada (190 exemplares). Com excepção das duas últimas, constituem ofertas dirigidas ao Museu por instituições congéneres, entre 1978 e 1980, no âmbito do movimento de solidariedade gerado na sequência do incêndio. A Colecção de Rochas do Canadá foi colhida em 1980 por Fernando Barriga no Escudo Canadiano e oferecida ao Museu em 1983. É composta por rochas e minerais dos terrenos do núcleo geológico e estrutural da América do Norte, constituído por terrenos pré-Câmbricos estáveis onde alternam rochas com metamorfismo de baixo grau (fácies dos xistos verdes e inferiores) com migmatitos e granitos de anatexia. A diversidade litológica e estrutural é muito grande. Abundam rochas exclusivas do Arcaico, incluindo lavas ultramáficas (komatitos) e formações ferríferas bandadas (BIF) ligadas a vulcanismo. Ocorrem ali algumas das rochas mais antigas do planeta, frequentemente com idades superiores a 3500 milhões de anos. Os jazigos minerais são notáveis: jazigos de sulfuretos maciços, jazigos de ouro e de níquel, cobre e platinídeos (sobretudo em Subdury) de prata, de urânio, etc. A Colecção Didáctica é representativa dos tipos de rochas dos três ambientes geológicos (ígneo, sedimentar e metamórfico). Foi organizada em 1987 pela equipa do Museu, a partir de exemplares que no incêndio perderam a documentação. Destina-se ao trabalho de extensão pedagógica do Museu. Associada a cada amostra de mão existe a lâmina delgada respectiva. Têm sido adquiridos individualmente alguns exemplares de interesse para a actividade do Museu.

Relevância

As colecções oferecidas na sequência do incêndio são interessantes por, em grande parte, serem representativas de formações geológicas a que, pela sua localização geográfica, dificilmente o Museu teria acesso. Possuem igualmente especial significado por representarem o reconhecimento do Museu por instituições estrangeiras. As Rochas do Escudo Canadiano provêm de formações geológicas das mais antigas e, simultaneamente, das menos deformadas do planeta. A sua importância é grande, nomeadamente como suporte de divulgação sobre a história geológica da Terra nos primeiros milhares de milhões de anos.

Utilização

As colecções têm sido utilizadas, sobretudo, em investigação, exposições e, no caso da Colecção Didáctica, na actividade de extensão pedagógica.

Estado do inventário

A colecção não está ainda inventariada em suporte informático. Existem inventários em papel, dactilografados ou manuscritos, das colecções oferecidas. A Colecção Didáctica tem etiqueta descritiva associada a cada exemplar.

Documentação

A documentação associada consiste em referências publicadas e no caderno de campo de Fernando Barriga.

Pessoal

Além da responsável directa pelas reservas – Liliana Póvoas, investigadora do quadro do Museu – está afecto ao acervo um técnico auxiliar do quadro do Museu – João Paulo Carreiro Lopes.

Bibliografia

Canada. Geological Survey of Canada. 1981. Geology and Canada. Adapted from Prospecting in Canada 4th edition by A.H. Lang, published in 1970.

Geological Society of America. The Geology of North America, 1988-1997. 11 vol.

Wheeler, J.O. 1996. About the Geology of Canada. Geological Survey of Canada

http://gsc.nrcan.gc.ca/map/1860a/images/map1860a.jpg


Autor: Liliana Póvoas (MNHN), com o apoio de Fernando Barriga (MNHN) e de João Paulo Carreiro Lopes (MNHN) [2007; actualizado em 2010]


Levantamento do Património Histórico, Científico e Artístico da Universidade de Lisboa:

Colecções de Petrologia 2 do MNHN

Pelo Grupo de Trabalho constituído por Marta Lourenço, Ana Mehnert Pascoal e Catarina Teixeira

Logo-Levantamento-Patrimonio-UL.png
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções
Navegação
Ferramentas